- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
26.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -

Alunos de escolas de gestão compartilhada visitam a Campus Party

Cerca de mil alunos das escolas de gestão compartilhada visitaram, nesta quinta (28), a Campus Party, uma das maiores feiras de tecnologia.  Divididos nos turnos da manhã e da tarde, os estudantes, que receberam lanche durante o passeio, tiveram a oportunidade de conhecer toda estrutura, que é dividida em gratuita e paga. Os ingressos foram doados  por meio de uma parceria com a organização do evento, e os alunos receberam lanche e água durante o passeio.

Além de conhecer as novidades tecnológicas apresentadas na Campus Party, estudantes puderam ver de perto os equipamentos das forças de segurança do DF | Foto: Divulgação/SSP-DF

“Esta é uma oportunidade que contribuirá muito positivamente com a formação desses alunos”, ressaltou o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar. “É um privilégio poder participar de um evento tecnológico tão reconhecido e que proporcionará conexões, aprendizado e experiências. Um dos objetivos da feira é descobrir os talentos e dar a eles esse protagonismo. Essa pode ser uma chance de despertar o talento desses estudantes.”

Inclusão

“Nossos estudantes merecem participar desta feira, porque são crianças e adolescentes que nasceram na era da comunicação digital e vivem engajados nesse universo”

Antônia Teixeira, diretora do Centro Educacional 1 do Itapoã

De acordo com o subsecretário de Escolas de Gestão Compartilhada, Alexandre Ferro, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF) buscou a parceria com a organização para promover a inclusão das escolas.  “Incluir crianças da rede pública de ensino do DF, principalmente  aquelas que residem em cidades mais afastadas do Plano Piloto, foi muito satisfatório para todos nós”, disse. “Essas crianças estariam hoje em casa, devido ao ponto facultativo pelo feriado, mas se dispuseram, assim como o corpo docente, a buscar o conhecimento. Ficamos mais felizes ainda ao perceber que, promovendo a inclusão, podemos fazer a diferença na vida dessas pessoas”. 

A diretora do Centro Educacional 1 do Itapoã, Antônia Teixeira, elogiou a iniciativa: “Nossos estudantes merecem participar desta feira, porque são crianças e adolescentes que nasceram na era da comunicação digital e vivem engajados nesse universo. É essencial aproximá-los de um entretenimento eletrônico em rede, ligado à inovação, ciência e criatividade numa esfera global, exatamente como a Campus Party é reconhecida. Uma experiência inesquecível para todos nós”. 

A vice-diretora do Centro Educacional 7 de Ceilândia, Cristiane Oliveira, reforça: “A relevância da participação dos estudantes em eventos tão ricos como a Campus Party se evidencia em oportunidades de acesso às novas tecnologias, ampliação de repertório cultural e, consequentemente, na possibilidade de vislumbrar novas perspectivas de projetos pessoais e profissionais. Saídas de campo desse nível são capazes de alimentar sonhos”. 

Parceria

O projeto das escolas de gestão compartilhada (EGCs) é fruto de uma parceria entre a SSP-DF e a Secretaria de Educação (SEEDF) para realização de ações conjuntas. O objetivo é proporcionar uma educação de qualidade, bem como construir estratégias voltadas à segurança comunitária e ao enfrentamento da violência no ambiente escolar, promovendo a cultura de paz e o exercício da cidadania.

Atualmente, há 16 escolas de gestão compartilhada no Distrito Federal. O modelo tem como fundamento a confiança da comunidade escolar, que garante aos jovens e professores tranquilidade para exercer plenamente as atividades pedagógicas.

Confira, abaixo, as escolas públicas do DF que participam da gestão compartilhada. 

→ Centro Educacional 3 de Sobradinho

→ Centro Educacional 308 do Recanto das Emas

→ Centro Educacional 1 da Estrutural

→ Centro Educacional 7 de Ceilândia

→ Centro Educacional 2 de Brazlândia

→ Centro Educacional Condomínio Estância III, de Planaltina

→ Centro Educacional 1 do Itapoã

→ Centro de Ensino Fundamental 19 de Taguatinga

→ Centro de Ensino Fundamental 1 do Núcleo Bandeirante

→ Centro de Ensino Fundamental 407 de Samambaia

→ Centro de Ensino Fundamental 1 do Riacho Fundo II

→ Centro de Ensino Fundamental 1 do Paranoá

→ Centro de Ensino Fundamental 4 de Planaltina

→ Centro de Ensino Fundamental 507 de Samambaia

→ Centro de Ensino Fundamental 5 do Gama

→ Centro Educacional 416 de Santa Maria.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Fonte: Agência Brasília

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -