- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
21.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -

Ceilândia ganha espaço para atender pessoas com sintomas de dengue

Pacientes com suspeita de dengue em Ceilândia agora têm atendimento ampliado no espaço montado na administração regional. O local funciona todos os dias, das 7h às 19h, e oferece assistência com 13 leitos de hidratação venosa, triagem, medicação, hemogramas e prova do laço (exame complementar para a detecção da doença).

“Esse espaço contribuiu tanto para a qualidade quanto para a comodidade dos pacientes”, afirma a gerente da Unidade Básica de Saúde (UBS) 3 de Ceilândia, Sandra Ferreira. Em média, são realizados 250 atendimentos por dia.

O espaço funciona diariamente, das 7h às 19h, e oferece assistência com 13 leitos de hidratação venosa, triagem, medicação, hemogramas e prova do laço | Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

O local é indicado a pacientes que estejam com sintomas leves da dengue, como dor de cabeça e no corpo, prostração, febre, manchas vermelhas na pele e dor atrás dos olhos. Em casos graves ou que seja necessária a internação, haverá viaturas disponíveis para transporte de pacientes à unidade de saúde específica.

O boletim epidemiológico de dengue emitido pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF), com dados até 20 de janeiro, mostra um total de 16.079 casos prováveis notificados, um aumento de 646,5% frente ao mesmo período do ano passado. Até o momento, Ceilândia é a região administrativa com maior incidência da doença, com 3.963 casos, seguida de Sol Nascente/Pôr do Sol (1.110), Brazlândia (1.045) e Samambaia (997).

Além dos profissionais da saúde, como médico, enfermeiro e técnico de enfermagem, técnicos administrativos, a ação conjunta conta com servidores da Administração Regional de Ceilândia, do Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), da Defesa Civil, da Caesb e de outros órgãos.

O local é indicado a pacientes que estejam com sintomas leves da dengue, como dor de cabeça e no corpo, prostração, febre, manchas vermelhas na pele e dor atrás dos olhos

“Para combater a dengue, é essencial envolver diversas esferas governamentais, como saúde, educação e segurança. Isso permite oferecer um atendimento abrangente à população, incluindo visitas domiciliares, remoção de lixo em locais inadequados e eliminação de fatores que favorecem a proliferação do mosquito Aedes aegypti”, destaca o diretor de Atenção Primária à Saúde (APS) da SES-DF, Marcondes Mendes.

Acompanhando a filha com suspeita de dengue, a auxiliar de escritório Cileide Barbosa, 47, conta que a jovem apresentou os sintomas há três dias. “Ela começou a ter dor de cabeça e no corpo, febre e vômito”, relata.

O vigilante Heldo Campos, 35, também buscou atendimento no local nesta quarta-feira (24). “Tem três dias que sinto dor nas articulações, febre e calafrio. Agora vou consultar com o médico e fazer o exame para saber se realmente estou com a doença”, diz.

A instalação ficará disponível pelos próximos 45 dias, com a possibilidade de prorrogação, caso haja necessidade

Ampliação do atendimento

O Governo Distrito Federal montou nove tendas de hidratação para casos de dengue. Além de Ceilândia, as instalações estão operando em Sol Nascente, Brazlândia, Estrutural, Recanto das Emas, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião e Sobradinho. As estruturas funcionam de domingo a domingo, das 7h às 19h, e ficarão disponíveis pelos próximos 45 dias, com a possibilidade de prorrogação, caso haja necessidade.

De forma adicional, a rede de Unidades Básicas de Saúde (UBSs) também passaram a funcionar com horário ampliado, reforçando o atendimento. Um total de 11 UBSs ficam abertas à população até as 22h. Aos sábados, 52 abrem aos sábados das 7h às 12h. E cinco unidades funcionam tanto aos sábados quanto aos domingos, das 7h às 19h. O horário padrão de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. Mais informações estão disponíveis no site da SES-DF.

*Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF)

Fonte: Agência Brasília

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -