Home Distrito Federal Edição especial de projeto do Dia da Mulher terá vagas de estágio e empregos

Edição especial de projeto do Dia da Mulher terá vagas de estágio e empregos

0
Edição especial de projeto do Dia da Mulher terá vagas de estágio e empregos

O projeto Dia da Mulher da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) chega à 10ª edição em março, com mais uma novidade: a oferta de vagas de estágio de ensino médio, técnico e superior, para o público de 14 a 24 anos, oportunidades para jovem aprendiz e orientações para obtenção de vaga para primeiro emprego. Os serviços serão oferecidos pelo instituto da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF). A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do DF (Sedet-DF) ofertará vagas de empregos e atendimentos ao empregador, como CTPS Digital, seguro-desemprego, orientação profissional, Cesta do Trabalhador, inscrições e orientações para diversos cursos de qualificação profissional, além de orientações para o Programa Prospera (microcrédito).

O evento ocorre na primeira segunda-feira de cada mês | Foto: Divulgação/DPDF

A ação gratuita, que tradicionalmente ocorre na primeira segunda-feira de cada mês, será realizada, de forma excepcional, nesta sexta-feira (8), em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Os atendimentos ocorrerão das 8h às 17h, no Nuclão da Defensoria Pública, localizado no Setor Comercial Norte, Quadra 01, Conjunto G, Edifício Rossi Esplanada Business, próximo ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran). As senhas dos serviços ofertados são limitadas. Nas nove primeiras edições do Dia da Mulher, foram atendidas mais de 5 mil mulheres em estado de vulnerabilidade.

A subdefensora pública-geral, Emmanuela Saboya, destaca a importância do Dia da Mulher da DPDF para as mulheres em situação de vulnerabilidade. “É um projeto que inova a cada mês, trazendo sempre uma novidade e agregando mais parcerias para atendermos, da melhor maneira possível, as mulheres que tanto precisam. Na ação, elas têm acesso aos mais diversos serviços, de assistência jurídica a corte de cabelo e exames médicos”, ressaltou.

Mulheres em situação de vulnerabilidade social participantes do projeto contarão também com mamografias, exames citopatológicos, inserção de DIU, odontologia, consultas com uma médica da família e com profissionais de enfermagem

Serviços oferecidos

A Secretaria da Mulher do DF participará do evento com a entrega de kits e panfletos informativos. A ação contará também com prevenção e o enfretamento da violência doméstica contra a mulher, ofertados pelo Núcleo Judiciário da Mulher, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), que disponibilizará atendimentos psicossociais de orientação e de sensibilização além da distribuição de materiais informativos.

Mulheres em situação de vulnerabilidade social participantes do projeto contarão também com mamografias, exames citopatológicos, inserção de DIU, odontologia, consultas com uma médica da família e com profissionais de enfermagem, realizados pelo Serviço Social do Comércio (Sesc). Além disso, a ação terá a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), que realizará cadastros no Programa Senac cursos de Gratuidade (PSG). O Senac também levará a Carreta da Beleza que ofertará cortes de cabelos femininos pela manhã e tarde, além de realizar tranças no período vespertino.

A Secretaria da Pessoa com Deficiência do DF realizará o Cadastro da Pessoa com Deficiência, a Carteira de Identificação para Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, além de orientações sobre passe livre especial, sobre o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e distribuição de material informativo. A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab) também participará do evento e realizará atendimentos referentes à regularização e à inscrição em programas habitacionais. A Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus), por meio da Subsecretaria de Apoio a Vítimas de Violência (SUBAV), prestará apoio psicossocial às vítimas de violência e seus familiares. A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher da Polícia Civil do DF (Deam-DF) prestará orientação e realizará a distribuição de cartilhas.

Para saber mais e ter acesso à programação completa do evento, acesse o site da Defensoria Pública do DF.

*Com informações da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF)

Fonte: Agência Brasília