Home Distrito Federal Em 11ª edição, Dia da Mulher oferece serviços diversificados ao público feminino

Em 11ª edição, Dia da Mulher oferece serviços diversificados ao público feminino

0
Em 11ª edição, Dia da Mulher oferece serviços diversificados ao público feminino

A 11ª edição do Dia da Mulher da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) ofertará atividades educativas de autocuidado, como prática de esportes e atividades físicas, alimentação e música, além de avaliação odontológica e encaminhamento para atendimentos. A ação será realizada no Nuclão da DPDF (Setor Comercial Norte, Quadra 1, Edifício Rossi Esplanada Business, próximo ao Hran), nesta segunda-feira (1º/4), das 8h às 17h, com serviços gratuitos ao público feminino em situação de vulnerabilidade.

Em mais uma edição, Dia da Mulher da DPDF segue oferecendo atendimento diversificado por meio de parcerias com órgãos do GDF e outras instituições | Foto: Divulgação/DPDF

“O foco é atender mulheres vulneráveis que, frequentemente, enfrentam barreiras significativas para acessar recursos legais devido a restrições financeiras”

Emmanuela Saboya, subdefensora pública-geral

Os serviços serão prestados pelo Instituto Aria. Haverá ainda avaliação fisioterapêutica, terapia manual, liberação miofascial e massagem relaxante, ofertadas pela Faculdade Anhanguera. O Núcleo Integrado de Atendimento à Mulher da Polícia Civil do DF (PCDF) também participará da ação, oferecendo atendimento psicológico a vítimas de violência doméstica, além de orientação e sessão de terapia.

O Dia da Mulher da Defensoria Pública do DF ocorre na primeira segunda-feira de cada mês – caso seja feriado, no primeiro dia útil subsequente. “O foco é atender mulheres vulneráveis que, frequentemente, enfrentam barreiras significativas para acessar recursos legais devido a restrições financeiras”, afirma a subdefensora pública-geral Emmanuela Saboya. “O intuito é oferecer o máximo de serviços gratuitos, garantindo que os direitos delas sejam respeitados e que elas tenham acesso igualitário a serviços essenciais”.

Serviços gratuitos 

O Dia da Mulher terá atendimento psicossocial e de mediação, além de orientação jurídica, acompanhamento processual e exames de DNA. Os serviços ficarão a cargo das subsecretarias de Mediação e Cultura de Paz e de Atividade Psicossocial e dos núcleos de Assistência Jurídica da Santa Maria, de Iniciais e da Fazenda Pública da DPDF. Pelo Instituto da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF), haverá ainda oferta de vagas de estágio de ensino médio, técnico e superior e vagas para jovem aprendiz ao público de 14 a 24 anos .

A Secretaria da Mulher (SMDF) participará com a entrega de kits e panfletos informativos, além da prestação de orientações a mulheres vítimas de violência. A ação contará também com a prevenção e o enfrentamento da violência doméstica contra a mulher, disponibilizados pelo Núcleo Judiciário da Mulher do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).

Às mulheres em situação de vulnerabilidade social assistidas pela DPDF, o Serviço Social do Comércio (Sesc) oferecerá mamografia, exames citopatológicos, distribuição de vouchers para a inserção de DIU, odontologia e consultas com uma médica da família e com profissionais de enfermagem. 

Cadastros, emprego, regularização

A ação contará ainda com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), que fará cadastros para o programa Senac Cursos de Gratuidade e levará a Carreta da Beleza, com serviços voltados à autoestima da mulher, como cortes de cabelos, tranças e depilação de face e buço – sempre no período matutino.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do DF (Sedet) informará sobre vagas de emprego e oferecerá atendimentos como CTPS Digital, seguro-desemprego, orientação profissional, Cesta do Trabalhador, inscrições e orientações para diversos cursos de qualificação profissional e de orientações para o programa Prospera, de microcrédito.

Pela Secretaria da Pessoa com Deficiência do DF (SEPD), as mulheres terão acesso a Cadastro da Pessoa com Deficiência, Carteira de Identificação para Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, orientações sobre passe livre especial e sobre Benefício de Prestação Continuada (BPC) e distribuição de material informativo. 

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab), por sua vez, prestará atendimentos referentes à regularização e à inscrição em programas habitacionais. Já a Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus), por meio da Subsecretaria de Apoio a Vítimas de Violência (Subav), prestará apoio psicossocial às vítimas de violência e seus familiares.

Também parceira do evento, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) disponibilizará exames de autocoleta de prevenção do câncer do colo do útero para as mulheres de 30 a 49 anos. O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Móvel, da Secretaria de Desenvolvimento Social do DF (Sedes), distribuirá 100 senhas para acesso a serviços socioassistenciais. E a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) distribuirá água potável ao longo de todo o evento.

*Com informações da Defensoria Pública do Distrito Federal

Fonte: Agência Brasília