Home Distrito Federal Em abertura de feira, governador Ibaneis Rocha enaltece trabalho dos artesãos do DF

Em abertura de feira, governador Ibaneis Rocha enaltece trabalho dos artesãos do DF

0
Em abertura de feira, governador Ibaneis Rocha enaltece trabalho dos artesãos do DF

Os mais de 13 mil artesãos do Distrito Federal (DF) são os grandes protagonistas ao longo desta semana. Isso porque, nesta terça-feira (19), celebra-se o Dia do Artesão e, para homenageá-los, o Governo do Distrito Federal (GDF) organizou um evento turístico especial, na área externa do Eixo Cultural Íbero-Americano. A abertura das atividades ocorreu nesta terça-feira (19) e contou com a participação do governador Ibaneis Rocha, que enalteceu o trabalho desenvolvido pelos artesãos do DF.

“Nós tiramos essa categoria que estava no ostracismo. Desde o primeiro mandato, a gente vem desenvolvendo um trabalho junto a essas bases e ampliando os locais de vendas para que exponham seus produtos. A gente sabe o quanto isso é importante para vocês. É um trabalho realizado com todo amor e carinho que reflete não somente na vida financeira, mas na ocupação, é terapêutico”, destacou o chefe do executivo.

A programação teve início hoje (19) e seguirá nos dias 22, 23 e 24 de março, a partir das 10h. O espaço promete ser uma importante ferramenta de incentivo ao turismo | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

De acordo com o secretário de Turismo, Cristiano Araújo, há outras iniciativas em andamento para beneficiar os artesãos do DF: “Esses profissionais refletem toda a nossa arte, cultura e história. É um segmento considerável e o GDF vem desenvolvendo uma série de ações para qualificar esse profissional e ensiná-lo a precificar de maneira justa os seus produtos. Também estamos procurando mais espaços para aumentar esse contato deles com os consumidores finais”.

A programação teve início hoje (19) e seguirá nos dias 22, 23 e 24 de março, a partir das 10h. O espaço promete ser uma importante ferramenta de incentivo ao turismo. O evento não apenas homenageia os artesãos, mas também contribui para o desenvolvimento econômico e cultural da região.

“Nós tiramos essa categoria que estava no ostracismo. Desde o primeiro mandato, a gente vem desenvolvendo um trabalho junto a essas bases e ampliando os locais de vendas para que exponham seus produtos. A gente sabe o quanto isso é importante para vocês”

Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal

No local, há uma feira expositiva dos artesãos e atrações culturais com shows de artistas do DF. Já para a criançada, haverá apresentações teatrais e um espaço kids com brinquedos infláveis, proporcionando diversão para toda a família.

Reconhecimento

Logo ao entrar na feira, o que mais chama atenção são os ipês. De todas as cores e tamanhos, o símbolo do Cerrado estava bem representado em forma de arte realizado cuidadosamente pelas mãos da artesã Daniela Pires Ferreira, de 30 anos. Ela e o esposo trabalham com artesanato há aproximadamente 15 anos. Para eles, é um orgulho poder representar o bioma onde vivem.

Daniela Pires Ferreira, 30 anos, trabalha como artesã há cerca de 15 anos

“Nosso objetivo é enaltecer o Cerrado e passar a mensagem de preservação. Resolvemos abrir mão de tudo o que fazíamos antes para a mostrarmos a nossa arte. Nós somos muito gratos por ter essa oportunidade de estar aqui. Agradecemos ao GDF por toda a força que nos concede durante essa trajetória”, afirmou Daniela.

Para a artesã Maria de Jesus Cavalcante, 62 anos, o evento organizado pelo GDF reforça o compromisso em valorizar o trabalho manual do artesanato. “Não é todo mundo que valoriza o que a gente faz. A gente se dedica e é importante que todos vejam o resultado do nosso esforço. Eu me sinto muito representada quando a gente chega aqui e vê que está tudo montado, só aguardando os nossos produtos serem expostos. Eu só tenho a agradecer por todo apoio do governo aos artesãos do DF”, elogiou Maria de Jesus.

Em 2019 a Setur-DF chegou a ter 7,4 mil artesãos cadastrados, aumentando esse número para 12,6 mil em 2022 e em 2023, subiu para 13,4 mil. A atividade artesanal, além de trazer melhorias nas condições de vida dos artesãos, contribui para o desenvolvimento econômico local de cada região. O artesanato está ligado à riqueza cultural bem como a uma forte vinculação com o setor turístico.

19/03/2024 - DF recebe evento turístico em comemoração ao Dia do Artesão

Fonte: Agência Brasília