Home Distrito Federal Estudantes da Escola Técnica de Santa Maria apresentam ideias empreendedoras

Estudantes da Escola Técnica de Santa Maria apresentam ideias empreendedoras

0
Estudantes da Escola Técnica de Santa Maria apresentam ideias empreendedoras

O Núcleo de Empreendedorismo Juvenil (NEJ) da Escola Técnica de Santa Maria apresentou, nesta terça-feira (2), projetos elaborados pelos estudantes da unidade com foco no desenvolvimento sustentável e no fomento do empreendedorismo na região. A apresentação foi feita durante visita da secretária de Educação do Distrito Federal, Hélvia Paranaguá, do presidente do Sebrae Nacional, Décio Lima, e da superintendente do Sebrae-DF, Rose Rainha, além de diversos representantes da sociedade.

Alunos da Escola Técnica de Santa Maria apresentaram ideias empreendedoras à secretária Hélvia Paranaguá e ao presidente do Sebrae Nacional, Décio Lima | Foto: Mary Leal/SEEDF

O evento realizado na Escola Técnica de Santa Maria é fruto do termo de cooperação para o desenvolvimento de ações nas escolas públicas até 2025, entre a SEEDF e o Sebrae-DF, que oferta o conhecimento do empreendedorismo e a formação técnica, além de auxiliar os estudantes a buscarem diferentes soluções em áreas ambientais, de saúde e educacionais, dando possibilidade de criarem startups, por exemplo.

Quem pensa em impactar a comunidade de Santa Maria com um negócio saudável é o aluno Alisson Nolasco, que participa do NEJ. O projeto intitulado Horta Viva apresenta uma possibilidade de cultivo de hortifrútis e hortaliças livres de componentes químicos, visando a melhoria da qualidade de saúde para a comunidade de Santa Maria.

Ele conta que recebeu total apoio por parte dos gestores do Sebrae-DF, que estimulam os estudantes a desenvolverem projetos a partir da própria vivência e realidade em que estão inseridos, até como operacionalizar para que a ideia seja rentável. “Estamos na parte prática do projeto e agora vamos desenvolver, montar um plano de marketing, um plano de negócio, vamos viabilizar a nossa ideia”, contou Alisson.

Durante o encontro, os estudantes puderam apresentar as habilidades de gestão aprendidas, a escolha do produto desenvolvido, bem como a sua operacionalização para fins de investimento e de como isso impactaria positivamente a comunidade de Santa Maria.

A secretária de Educação do DF, Hélvia Paranaguá, destacou os frutos dessa parceria e incentivou os jovens a buscarem no empreendedorismo um futuro promissor. “Essa parceria (Sebrae/SEEDF) tem possibilitado que sonhos se realizem, mostrando o caminho do empreendedorismo como uma realidade para os nossos estudantes. O Núcleo de Empreendedorismo Juvenil tem contribuído para a formação dos nossos jovens nessa seara. Ao formar estudantes empreendedores, podemos sonhar com um futuro mais inovador“, concluiu.

O presidente do Sebrae Nacional, Décio Lima, ressaltou a importância do acesso ao conhecimento. “Vocês vivem em um momento extraordinário de suas vidas, com acesso ao conhecimento e à tecnologia. Vocês, estudantes, têm a fortuna do tempo em seu favor. Por isso, quero fazer um pedido: não desistam. A oportunidade de empreender é a grande chance que muitos têm de poder mudar e construir o sucesso na vida”.

Desafio Liga Jovem

Após a apresentação dos projetos pelos estudantes, foi lançado o Desafio Liga Jovem promovido pelo Sebrae. Na ocasião, os estudantes conheceram as regras e como participar do Desafio, além das premiações que incluem notebooks, smartphones, smartwatches, vouchers de compra e participações em eventos nacionais e internacionais. As inscrições podem ser feitas até às 23h59 de 7 de junho neste link.

A 2ª Edição do Desafio Liga Jovem é uma competição nacional, de caráter educacional, promovida pelo Sebrae. O objetivo é desenvolver e fortalecer competências e atitudes empreendedoras em estudantes e professores por meio de atividades que promovam criatividade, inovação, organização, planejamento, responsabilidade, liderança, curiosidade científica, todas presentes na Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

*Com informações da SEEDF

 

Fonte: Agência Brasília