Home Distrito Federal Mais 61 padioleiros e condutores de ambulância são convocados

Mais 61 padioleiros e condutores de ambulância são convocados

0
Mais 61 padioleiros e condutores de ambulância são convocados

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) tornou pública a segunda convocação do processo seletivo para a contratação de 61 profissionais entre padioleiros (42) e condutores de ambulância (19). A listagem está no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta terça-feira (12).

Contratação dos profissionais vai permitir reforçar os serviços da Secretaria de Saúde | Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

Os profissionais têm até 15 de março, próxima sexta-feira, para entregar a documentação solicitada na sede da SES-DF (Edifício PO 700, quadra 701, conjunto C – Setor de Rádio e TV Norte – Asa Norte). As informações completas estão disponíveis no site da pasta. Os detalhes do processo seletivo foram estabelecidos no edital nº 26, de 18 de outubro de 2023.

A segunda convocação traz os nomes de 17 condutores selecionados na listagem de ampla concorrência e dois autodeclarados negros ou pardos. Entre os padioleiros, a etapa lista 23 candidatos de ampla concorrência, três pessoas com deficiência, dez autodeclarados negros ou pardos e seis hipossuficientes. Esses profissionais serão distribuídos por unidades da SES-DF, conforme a necessidade do serviço.

Com inscrições abertas em outubro de 2023, a seleção ofertou 50 vagas e mais 250 de cadastro de reserva para condutores de ambulância. A remuneração é de R$ 3.679,26, em jornada de trabalho de 40 horas semanais. Já para o cargo de padioleiro, foram 80 vagas e mais 400 de cadastro reserva. A carga horária é também de 40 horas semanais com remuneração de R$ 3.600,72.

A especialidade de condutor de ambulância compõe a carreira de Analista em Gestão e Assistência Pública à Saúde. A de Técnico de Apoio Operacional, por sua vez, faz parte da carreira de Técnico em Gestão e Assistência Pública à Saúde.

*Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF)

Fonte: Agência Brasília