- PUBLICIDADE -
17.7 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -

Justiça Federal da 1ª Região coleta 139 quilos de resíduos eletrônicos

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) arrecadou 139 quilos de resíduos eletrônicos no Ponto de Entrega Voluntária (PEV) instalado em Brasília. Essa foi a primeira coleta depois da instalação do equipamento em março deste ano. Foram descartados aparelhos de informática, televisores, eletroeletrônicos, aparelhos telefônicos já sem utilidade, entre outros resíduos eletrônicos. A iniciativa busca contribuir com a sociedade e o meio ambiente e conta com o apoio de profissionais do TRF1, que estão participando ativamente da ação.

A instalação do ponto de coleta permanente é fruto do acordo de cooperação técnica firmado entre o TRF1 e a organização Programando o Futuro. A entidade é uma das parceiras do programa Reciclotech, do governo do Distrito Federal, que contribui para a criação de projeto inovador de logística reversa, recondicionamento e reciclagem de equipamentos eletrônicos, com polos de economia circular e formação de jovens e adultos em tecnologia da informação. Com o material, a organização faz o recondicionamento e a produção de novas máquinas destinadas a quem não pode comprar um equipamento novo.

De acordo com pesquisa da Green Eletron, organização sem fins lucrativos gestora de logística reversa de resíduos eletrônicos, mais de 53 milhões de toneladas de equipamentos eletroeletrônicos e pilhas são descartadas de maneira inadequada em todo o mundo anualmente. Segundo o estudo, o Brasil é o quinto maior produtor de lixo eletrônico e mais de 10% da população do país tem o hábito de descartar algum eletroeletrônico no lixo comum. O descarte incorreto não permite que seja feita a reciclagem das matérias-primas encontradas nos aparelhos, podendo ainda gerar danos ambientais irreversíveis.

Fonte: TRF1

Fonte: Portal CNJ – Agência CNJ de Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -