Home Distrito Federal Reunião debate estratégia para Carnaval 2025

Reunião debate estratégia para Carnaval 2025

0
Reunião debate estratégia para Carnaval 2025

O auditório do Museu Nacional da República foi palco, na manhã desta terça-feira (26), de uma reunião importante para o cenário cultural do Distrito Federal. Promovida pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF (Secec-DF), a reunião contou com a presença de representantes dos blocos e escolas de samba, além de diversas entidades e órgãos públicos, visando à preparação para o Carnaval 2025.

Durante o encontro, o secretário de Cultura e Economia Criativa, Claudio Abrantes, anunciou a criação de um comitê permanente, visando discutir a execução do Carnaval 2025 | Foto: Divulgação/Secec-DF

“Esta é a primeira reunião, e vamos montar esse comitê com representantes que vão discutir as linguagens e logísticas para as festividades de Carnaval. Esse foi um grande passo para começarmos o planejamento de forma antecipada para que possamos ter uma festa tão boa quanto foi o Carnaval 2024”, afirmou o secretário de Cultura e Economia Criativa, Claudio Abrantes.

A produtora cultural Ruth Venceremos também compartilhou suas impressões sobre o encontro: “Esse momento foi muito proveitoso, sobretudo por estar definindo esse comitê permanente para discussão do Carnaval. Dessa forma, seguiremos juntos construindo um Carnaval cada vez mais justo e popular”.

Comitê permanente

Durante o encontro, Claudio Abrantes anunciou a criação de um comitê permanente, visando discutir a execução do Carnaval 2025. Para o secretário, o comitê será um espaço de fomento e debate para tornar a festa do DF cada vez mais representativa e democrática.

“A nossa ideia é que esse comitê seja permanente, dure o ano todo, com reuniões quinzenais, e que tenha a participação da sociedade civil, de representantes dos blocos de Carnaval, das escolas de samba, de agentes da cultura carnavalesca e também de órgãos do governo, para podermos, todos juntos, fazer do nosso Carnaval um marco cultural para todo o DF”, destacou o secretário.

*Com informações da Secec-DF

Fonte: Agência Brasília