- PUBLICIDADE -
14.6 C
Distrito Federal
- PUBLICIDADE -

EUA aplicam sanções à empresa responsável por gasoduto Nord Stream 2

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta quarta-feira (23) a imposição de sanções à Nord Stream 2 AG – empresa responsável pela construção do gasoduto russo Nord Stream 2 – ampliando as penalidades a Moscou após o reconhecimento de duas regiões separatistas no leste da Ucrânia.

As sanções, que visam a empresa e o presidente executivo, Matthias Warnig, aumentam a pressão sobre o projeto no Mar Báltico, realizado para dobrar a capacidade de fluxo de gás da Rússia para a Alemanha.

A Casa Branca disse que as sanções não afetarão Gerhard Schroeder, ex-chanceler alemão e amigo próximo de Putin que chefia o comitê de acionistas da Nord Stream desde 2005.

Projeto de energia mais polêmico da Europa, Nord Stream 2 ainda não iniciou suas operações enquanto aguarda a certificação da Alemanha e da União Europeia.

A Alemanha interrompeu na terça-feira ações relacionadas ao gasoduto, no valor de US$ 11 bilhões, citando as decisões da Rússia em relação à Ucrânia. Os Estados Unidos e a União Europeia temem que o gasoduto aumente a dependência da Europa pelo fornecimento de energia russo e negue taxas de trânsito para a Ucrânia, sede de outro gasoduto russo.

Biden disse em um comunicado que seu governo está coordenando de perto a ação do Nord Stream 2 com a Alemanha, e acrescentou: “Hoje orientei minha administração a impor sanções à Nord Stream 2 AG e seus diretores corporativos.”

“Essas medidas são outra parte de nossa parcela de sanções em resposta às ações da Rússia na Ucrânia. Como deixei claro, não hesitaremos em tomar outras medidas se a Rússia continuar a escalar”, disse Biden.

Fonte: Agência Brasil

- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -